Usando a interrupção externa no seu Arduino

Imagine que você esteja fazendo seu bolo e no meio da receita seu telefone toque. Possivelmente você irá parar o que está fazendo e irá atender o telefone, assim que encerrar a chamada você irá retornar ao ponto que parou em sua receita.

Quando estamos executando um tarefa muitas vezes temos que a interromper para resolver outra tarefa importante para só depois retornar do ponto que se parou. Isso se chama interrupção e é usada com frequência na programação de microcontroladores.

Uma interrupção tem dois pontos chaves, são eles:

  • Condição de interrupção: É a condição que indica uma interrupção. Ela avisa ao programa que é a hora de executar uma tarefa extraordinária. No nosso exemplo, essa condição é o toque do telefone.
  • Função a ser executada: Quando algo indica a interrupção, temos que executar uma lista de instruções referentes a essa interrupção. No exemplo dado, temos que parar de fazer o bolo e ir atender ao telefone. A função atender telefone é uma função extraordinária que só é executada pelo fato de ter ocorrido a condição de interrupção, o toque do telefone.

Para aprender como implementar uma interrupção, vamos fazer uma experiência simples para depois explica-lá. Nela você poderá entender melhor esse conceito de interrupção em um microcontrolador.


Mãos à obra – Implementando uma interrupção

Componentes necessários

Montando o projeto

Agora vamos conectar os componentes do projeto. Para isso, monte seu circuito conforme a figura a seguir.

Garanta que seu Arduino esteja desligado durante a montagem e que o seu LED esteja conectado corretamente, com a perna mais longa (Anodo) conectado ao resistor e a perna menor (catodo) ao GND.

interrupção Arduino

Conectando o Arduino ao computador

Conecte seu Arduino ao computador e abra a IDE Arduino.

Antes de carregar um programa, você precisa selecionar qual porta você deseja usar para fazer carregar o programa no Arduino (upload). Dentro do Arduino IDE, clique no menu Ferramentas (tools) e abra o submenu Porta(Port). Clique na porta que seu Arduino está conectado, tal como COM3 ou COM4. Geralmente aparece o nome da placa Arduino : “COM3 (Arduino/Genuino Uno)”.

Você também precisa garantir que o tipo de placa apropriado está selecionado em Ferramentas(Tools) no submenu Placa (Board).

Programando

Crie um programa (sketch) e salve com o nome de “programa_interrupcao_externa”.

Com o seu programa salvo, escreva nele o código conforme escrito abaixo.

Após escrever o código, clique em Carregar (Upload) para que o programa seja transferido para seu Arduino.

Colocando para funcionar

Caso tenha ocorrido tudo como esperado, o LED deve piscar intermitentemente. Quando você apertar o botão, o LED da protoboard permanecerá aceso por 5 segundos. Caso você não pressione o botão novamente, ele voltará a piscar.


Entendendo a fundo

Entendendo o Hardware

As placas Arduino possuem pinos que podem desempenhar a função de entrada de sinal para interrupção externa. No Arduino UNO são as portas digitais 2 e 3, que para tal função são nomeadas de INT0 e INT1, respectivamente. Veja a tabela a seguir com os pinos de cada placa Arduino que possuem essa qualidade.

Board Digital Pins Usable For Interrupts
Uno, Nano, Mini, other 328-based 2, 3
Mega, Mega2560, MegaADK 2, 3, 18, 19, 20, 21
Micro, Leonardo, other 32u4-based 0, 1, 2, 3, 7
Zero all digital pins, except 4
MKR1000 Rev.1 0, 1, 4, 5, 6, 7, 8, 9, A1, A2
Due all digital pins
101 all digital pins (Only pins 2, 5, 7, 8, 10, 11, 12, 13 work with CHANGE

 

Board int.0 int.1 int.2 int.3 int.4 int.5
Uno, Ethernet 2 3
Mega2560 2 3 21 20 19 18
32u4 based (e.g Leonardo, Micro) 3 2 0 1 7
Due, Zero, MKR1000, 101 interrupt number = pin number

Dessa forma, para que seja possível o uso da interrupção externa, escolhemos o pino digital 2 (INT0), no qual conectamos o botão.

Entendendo o programa

Considerando que você já sabe o básico , você já pode entender a maioria dos programas. Dessa forma, iremos nos ater às novidades.

Configurando a interrupção externa no Arduino

Para que o Arduino leia uma interrupção, devemos configurá-lo. Para tal usaremos o comando attachInterrupt().

INT: Número da porta usada para a interrupção. No Arduino UNO INT 0 corresponde à porta digital 2 e INT 1 corresponde à porta digital 3; Como explicado anteriormente, numa interrupção temos dois pontos chaves: a condição da interrupção e a função que será executada. Dessa forma, o comando attachInterrupt é usado para informar ao programa esses dados. São eles:

FUNÇÃO: Nome da função que será chamada e executada quando ocorrer a interrupção;

MODO: Define em qual tipo de variação do sinal a interrupção será disparada. As opções são:

  • LOW: Dispara a interrupção quando a tensão no pino está em 0V
  • CHANGE: Dispara sempre que o sinal no pino muda de estado, borda 0V (0) para 5V(1) ou vice-versa;
  • RISING: Dispara somente borda de subida, 0v (0) para 5V (1);
  • FALLING: Dispara somente borda de descida, 5V (1) para 0V (0)

Em nosso programa, usaremos esse comando da seguinte forma:

Portanto, temos como condição de interrupção a mudança de estado de 0V (0) para 5V(1)  no pino digital 2 (INT 0) e a função a ser executa se chama interrupção.

Função interrupcao()

Função é um bloco de tarefas a serem executadas pelo programa quando solicitada.

No nosso caso, a função será solicitada quando ocorrer a interrupção. As tarefas a serem executadas serão: acender o LED e esperar 5 segundos.

Caso você queira saber mais sobre interrupção externa no Arduino, você pode ler sobre ela no site oficial da Arduino. Link

Fechamento

Esperamos que tenham gostado, deixe seu comentário com duvidas, sugestões ou com a foto ou vídeo de seu projeto!! Compartilhe à vontade.

Estudante de Engenharia Elétrica da UFES e Fundador do Vida de Silício. Sonhador com uma única pretensão, fazer a diferença.
%d blogueiros gostam disto: